sábado, 3 de junho de 2017

Copa do Mundo - Rússia 2018


Faço aqui um resumo de todo material que tenho da Copa que se avizinha, Rússia 2018. Eu comecei a colecionar copas do mundo no período de 2014 com a copa aqui do Brasil.
Fiquei empolgado com o possível material que o brasil iria lançar para o evento, mas vamos tratar disso mais tarde.
Tenho minha paixão pelo futebol desde pequeno, o leão da barra – Vitória/BA -  me fisgou e até hoje estamos na torcida pelo primeiro título nacional. Quando comecei a colecionar selos não me passou pela cabeça futebol, terminei colecionado pássaros.
Quero deixar aqui o registro de amigos que me ajudaram, são eles: Aleksei Bezukladnikov e Toria 
     
Agora vamos detalhar as emissões emitidas, começaram a sair em 2015.



copa2
Esse bloco foi lançado em 2015 e retrata a taça do evento, acho bacana e muito bonito o efeito dourado brilhante. Tiragem de 200.000.



copa4
copa3

Esses dois blocos foram emitidos em 2015 e 2016, “selo sobre selo”, gostei da sacada, resumiu as emissões da URSS e Rússia de copas antigas. Foi fundo na história filatélica do país em retratação de copas.



copa5
copa11
Folhas lançadas em 2015 e 2016, retratam (em dobro) os estádios da copa, totaliza 08 estádios. Não sei se vão ficar nesses oito ou teremos outros, será que por lá, terá a farra de construção de estádios que ficarão inúteis depois?




copa6
copa9
copa7

Folhas lançadas em 2015 e 2016, retratam os ídolos do futebol russo. A presença de goleiros, técnicos, atacantes, zagueiros e até juiz. Achei a série mais importante lançada até agora, acredito que novas ainda virão.



copa1

Selo postal lançado em 2017, comemora a copa das confederações que teremos esse ano. Achei o mais simples até agora lançado, apesar da taça ter relevo. Tive a sorte de ter o FDC também.




copa10

Bloco lançado em 2017 para oficializar o mascote oficial da copa, depois de uma eleição ficou a raposa. Particularmente eu tinha achado a ideia do cachorro com roupa de astronauta mais interessante, acredito que se tratava a uma homenagem a Laika, a primeira cosmonauta a orbitar a terra em 1957. Morreu jovem com 3 anos.




Minhas considerações finais, acho que a Rússia vem fazendo um excelente trabalho, dou destaque as duas séries históricas, tanto a filatélica como a das lendas do esporte do seu país.
Fico com um pouco de inveja quando comparo com o que fizemos aqui no Brasil pela copa de 2014, não retratamos os nossos craques - olha que temos muitos! – A única coisa que gostei foram os dois blocos e os selos das cidade sedes. Nem a tonelada de estádios construídos foram retratados em selos postais. Foi uma grande decepção filatélica e futebolista.


Nenhum comentário:

Postar um comentário